Leitores ao redor do Mundo

domingo, 14 de junho de 2015

A Conspiração John Lennon


John Lennon nasceu em Outubro de 1940, na cidade de Liverpool, Inglaterra. Alcançou a fama mundial na banda de maior sucesso de todos os tempos, os Beatles, e junto com Paul McCartney, formou talvez o que seria a melhor dupla de compositores da história. Com o fim dos Beatles em 1970, Lennon seguiu sua meteórica carreira solo nos anos 70, onde tornou-se o ativista anti-guerra mais perigoso dos Estados Unidos.
Lennon lançou sucessos como Imagine, Give Peace a Chance, Happy Xmas (War is Over), Mind Games e muitas outras, uma grande maioria fazendo um apelo pela paz, na Guerra do Vietnã, que teve seu fim em 1975.
Na noite de 8 de dezembro de 1980, quando voltava para o apartamento onde morava em Nova Iorque, no edifício Dakota, em frente ao Central Park, John foi abordado por um rapaz que durante o dia havia lhe pedido um autógrafo em um LP Double Fantasy em frente ao Dakota. 
O rapaz, chamado Mark David Chapman, um fã dos Beatles e de John, disparou 5 tiros com revólver calibre 38, os quais 4 acertaram em John Lennon. A polícia chegou minutos depois e levou John na própria viatura para o hospital. O assassino permaneceu no local com um livro nas mãos, "O Apanhador no Campo de Centeio" de J.D. Salinger. 
John morreu após perder cerca de 80% de seu sangue, aos quarenta anos de idade. Logo após a notícia da morte de John Lennon, que correu o mundo, uma multidão se juntou em frente ao Dakota, com velas e cantando canções de John e dos Beatles. O corpo de John foi cremado no Cemitério de Ferncliff, em Hartsdale, cidade do estado de Nova Iorque, e suas cinzas foram guardadas por Yoko Ono.

A conspiração

Tudo começou em 1971, quando Lennon realizou o concerto Free John Now Rally, pela libertação do poeta e ativista político americano John Sinclair, preso por porte de maconha. Até 1976, a vida do roqueiro foi investigada por espiões e grampos telefônicos, virando um dossiê de 300 páginas. 
O FBI e a CIA julgavam Lennon um radical muito perigoso, porque o astro sabia se comunicar com milhões de jovens, através de suas músicas e apresentações. Qualquer ideia subversiva seria facilmente aceita pela juventude norte-americana.
O governo precisava detê-lo de qualquer forma, pois estava em jogo a segurança da nação. Segundo Bresler, a solução encontrada foi a mesma já destinada a Martin Luther King e outros líderes populares do país: o extermínio. 
Entretanto, no ano de 1976, os republicanos perderam as eleições presidenciais para os democratas. O novo presidente, Jimmy Carter, "protegeu" Lennon da polícia federal e do serviço secreto e deram a John o green card. Lennon decidiu fazer um retiro profissional, sob a alegação de acompanhar o crescimento de Sean, seu segundo filho, o primeiro com Yoko Ono. Foram anos de paz, nos quais ele e a família puderam viver em segurança nos Estados Unidos.
Esses anos de paz foram seus últimos de vida. Nas novas eleições no começo da nova década, os republicanos venceram a guerra e retornaram ao poder. Nessa mesma época, Lennon lançava o álbum Double Fantasy, que estourou nas paradas de sucesso. Então, o recém-eleito presidente resolveu iniciar seu mandato sem o temido ativista.
William Casey, administrador da campanha vitoriosa de Ronald Reagan, nos anos seguintes se tornaria um dos mais poderosos chefes da CIA. Ele tinha carta branca para assassinar John Lennon antes do final de 1980. 
O assassino, Mark Chapman, já estava sendo preparado pelo programa de controle mental do serviço secreto americano. Ele viajaria do Havaí para Nova York, procuraria a vítima e mataria Lennon a sangue frio, à frente de testemunhas (Yoko Ono e o porteiro do Dakota) que, posteriormente, o identificariam como o criminoso. 
Não há dúvidas que Chapman disparou os 5 tiros mirando a morte de John. Mas a contradição afirma que não foi ele quem projetou o assassinato. Chapman foi condenado pela Justiça estadunidense alegando que ele buscava seus 15 minutos de fama, e obviamente, conseguiu, não só 15 minutos, mas muitos anos.
Entretanto, o detetive Arthur O’Connor, a primeira pessoa a conversar reservadamente com o assassino, afirmou que a acusação não fazia sentido, pois Chapman sempre evitou a imprensa. Por que alguém em busca da fama se negaria a dar entrevistas? 
Vários meses após o acontecido, Chapman afirmou que matara Lennon para promover a leitura do livro O Apanhador no Campo de Centeio, já mencionado acima. Antes de ser preso, nunca tinha comentado com amigos sobre a obra do escritor americano.
Na prisão, Chapman declarou à BBC: “Ele (Lennon) passou por mim e então ouvi na minha cabeça, ‘faça, faça, faça’. Não me lembro de mirar. Apenas puxei o gatilho com força, cinco vezes”. Que vozes eram essas? Chapman não tinha passado de maluco.  Pelo contrário, ele tinha uma vida social normal e era um excelente monitor em acampamentos de meninos. Será que alguém estaria controlando a mente de Mark Chapman?
David Shayler, ex-agente do MI5, afirmou que os governos britânico e americano trocaram informações sobre a suposta doação de 75 mil libras do músico ao IRA, grupo de terrorismo irlandês. Sob suspeita de apoiar e patrocinar os terroristas irlandeses, Lennon precisava ser eliminado. 
Yoko Ono, negou a ligação do marido com o IRA e lembrou que ele defendia os direitos civis e de paz. Entretanto, os arquivos existem e estavam classificados pelo FBI como de “segurança nacional”. Isso prova que o garoto de Liverpool era investigado de perto pelas inteligências americana e britânica no início dos anos 70. 
E você, leitor? Acredita que o governo dos Estados Unidos mandaram matar John Lennon? Mostre sua opinião, não deixe de tomar a pílula vermelha!

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Morte de Bin Laden: Queima de Arquivo dos soldados da missão



Um mistério ronda o destino dos homens envolvidos na caçada ao terrorista mais procurado pelos EUA. Mais de 20 soldados dos SEAL (unidade de operações especiais da Marinha dos EUA) que participaram da missão se suicidaram ou morreram em combate em outras missões no Afeganistão.
As mortes cobrem mais da metade da equipe que encontrou e matou o terrorista saudita em Abbottabad, no Paquistão, em 2 de maio de 2011. Entre os mortos está Job Price (foto), de 42 anos, comandante da missão. Ele teria cometido suicídio em 22 de dezembro de 2012.
Antes disso, em 6 de agosto de 2011, um acidente de helicóptero matou 20 dos soldados participantes da missão. O portal MSNBC trocou o texto da notícia sobre o acidente, negando que os soldados tenham participado da captura e morte de Bin Laden.
O jornal britânico Guardian e alguns blogs americanos noticiaram as mortes e notaram que elas aconteceram justamente com os soldados da unidade 6 dos SEAL. As Forças Armadas americanas abriram uma investigação para apurar a circunstância das mortes. Será apenas acidente ou queima de arquivo?
Via Yahoo

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

A CONSPIRAÇÃO 11 DE SETEMBRO



Existem várias teorias conspiratórias envolvendo os múltiplos atentados terroristas nos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. Segundo a deputada americana Cynthia McKinney, do Partido Democrata, o presidente George W. Bush sabia antecipadamente dos ataques. Sabia e não fez nada. McKinney diz que a administração Bush precisava lançar os Estados Unidos numa nova guerra para beneficiar um certo Carlyle Group, firma de investimento baseada em Washington. George Bush pai, é um dos conselheiros da empresa, que também conta com vários ex-militares linha dura na mesa diretiva. O Carlyle Group teria investido muita grana na indústria bélica, e uma nova guerra era tudo que eles precisavam para turbinar os lucros. Representantes do Carlyle Group reagiram com bom humor às acusações da deputada: "Ela disse isso em ROSWELL, Novo México?", perguntou o assessor de imprensa Chris Ullman em abril de 2002, quando a denúncia foi feita.
O tom irônico não inibiu o surgimento de várias outras teorias conspiratórias. Uma delas, divulgada pela internet, afirma que o Pentágono não foi atingido por um Boeing 757, mas sim por um carro-bomba. O autor francês THIERRY MEYSSAN foi ainda mais longe no livro L'Effroyable Imposture . Ele diz que os aviões que se chocaram contra o World Trade Center eram pilotados por controle remoto e que o Pentágono foi, na realidade, atingido por um míssil americano. Outra teoria popular é que o vôo 93 da United Airlines, oficialmente derrubado pelos próprios passageiros na Pennsilvânia, foi, na verdade, abatido por caças americanos.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

CONSPIRAÇÃO COPA LIBERTADORES 2012




DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA ! Talvez, isso explique a razão do jogador Riquelme ter declarado a seguinte frase: '"Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Libertadores de 2012, ficariam enojadas!". Todos os anti-corinthianos ficaram chocados e tristes por assistir a maneira como o Boca perdeu a Libertadores. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e a VEJA e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos. Fato comprovado: O Boca VENDEU a Copa Libertadores para o Corinthias. Os jogadores titulares do Boca foram avisados, às 13:00 do dia 04 de Julho (dia do jogo final), em uma reunião envolvendo o Sr. Daniel Angelici (na única vez que o pr esidente do BOCA compareceu a uma preleção do time), o Técnico Julio César Falcioni, e o Sr. Chris Kypriotis, diretor geral da Nike do Brasil. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o sétimo titulo do campeonato Sulamericano por uma viagem para assistir a copa do mundo no Brasil. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$140.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$800.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de US$ 46.000.000,00 quarenta e seis milhões de dólares) através da empresa Nike. Além disso, os jogadores que aceitassem o contrato com a empresa Nike nos próximos 4 anos teriam as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o Cristiano Ronaldo, Xavi da Espanha, Messi da própria Argentina e Neymar, do Brasi l. Mesmo assim, Roncaglia se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Daniel Angelici a escalar o jogador Viatri, dizendo que Roncaglia estava com problemas no joelho esquerdo (em primeira notícia divulgada às 08:47 no centro de imprensa) e, logo depois, às 14:15, alterando o prognóstico associando o fato a venda para FIORENTINA). Assim, combinou-se que o Boca seria derrotado durante a prorrogação, porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que o Corinthians, marcasse, em duas falhas simples do time argentino. Porque será que o Maradona NÃO VEIO ao Brasil, para apoiar o time com toda a sua euforia???

sexta-feira, 30 de março de 2012

UNICAMP - A NOSSA ÁREA 51



A universidade pública localizada em Campinas foi criada em 1966 e é mantida até hoje pelo governo do Estado de São Paulo. Como várias outras instituições de ensino bra­sileiras, a escola tem poucos vínculos com a comunidade local. Isso transformou a Unicamp num depositário de len­das urbanas e a envolveu em pelo menos duas teorias conspiratórias.
Segundo ufólogos brasileiros, existe um laboratório sub­terrâneo secreto na universidade - localizado debaixo do Instituto de Biologia - onde várias criaturas estranhas esta­riam aprisionadas. Os tais alienígenas capturados em VARGINHA estão todos Iá, assim como os CHUPACABRAS abatidos pelo interior do País. A Unicamp seria, portanto, uma espécie de ÁREA 51 tupiniquim. A universidade desmente tudo, é claro, o que só confirma as suspeitas dos conspirólogos. Mas a teoria conspiratória, falsa ou verda­deira, acaba reveIando uma triste verdade: enquanto não houver uma integração maior entre escola e comunidade, as universidades brasileiras continuarão abrigando ET’s.

quinta-feira, 15 de março de 2012

A Conspiração Keanu Reeves: Seria ele IMORTAL?





Essa história toda começou há um tempo. no inicio de 2008. quando os internautas começaram a ficar intrigados com o visual "etemamente jovem' de Keanu Reeves. O "escolhido' simplesmente não envelhecia. E as comparações de suas fotos logo começaram a surgir.

Logicamente, alguém mais cético alegou que isso era fruto de sua genética e o boato perdeu seu valor. 
Até que, um intemauta encontrou em uma dessas revistas que falam sobre celebridades americanas. a foto de um quadro que está em uma das casas de Reeves e o fuzue começou novamente.
Em um dos cômodos, existe um quadro de Paul Mounet, um artista de origem libanesa (assim como Keanu) que morreu em 1875 em uma morte misteriosa e seu corpo nunca foi encontrado. 
Ok, e o que isso tem demais? 
Nada. 
A não ser o fato de que Reeves é muito semelhante ao ator. Praticamente identico.

E não foi só isso. Em outra casa do possivel imortal foi encontrado uma cópiade Parmigianino. intitulada "ritratto virile"(traduzindo para portugués, “Retrato de um Homem'). Segundo estudiosos. essa pintura é um auto-retrato do pintor. Curiosamente em 1527, Parmigianino se instalou em Bolonha e posteriormente em Parma, onde passou os últimos anos de sua vida atormentado pelos constantes requerimentos do capitulo da igreja de Steccata, que exigia-lhe a conclusão dos afrescos que lhe haviam sido encomendados em 1531.


Encarcerado por conta das dividas, conseguiu fugir para Casalmaggiore. Ali, enquanto tratava de resolver seus problemas, decidiu colocar em prática o seu conhecimento na alquimia e dizem que morreu por causa disso. aos 37 anos. Para os desinformados, o principal objetivo de um alquimista era encontrar uma maneira de fazer a Pedra Filosofal, que tem entre suas utilidades a produção do Elixir da Longa Vida, que concede ao usuário, a imortalidade.


A confusão estava amada. A história é comentada em vários forúns até hoje.
Alguns intemautas que discutiam o caso em um dos forúns americanos. 
Levantaram a hipótese que os filmes de Reeves poderiam ser uma pista da sua essência supra-humana: Buda, Advogado do Diabo, Drácula de Bram Stoker, Constantine. O dia que a Terra parou, Matrix. Bill & Ted - Os viajantes do tempo e Johnny Mnemonic.


Para piorar a situação dizem que essa não é a origem da entidade na história. 
Reeves haveria nascido muito antes e Parrnigianino seria a sua quarta versão conhecida (em outras palavras, disfarce).
A pergunta que fica é: supondo que seja ele mesmo todas essas entidades históricas, o que seria Keanu Reeves? 
Um vampiro? Um alquimista de sucesso? Um extraterreste? Um viajante do tempo? 
E por que diabos ele teria a brilhante idéia de aparecer logo no meio mais divulgado pelo mundo, o cinema de Holywood?





quarta-feira, 14 de março de 2012

EUA aguarda catástrofe de proporções bíblicas - APOCALIPSE ZUMBI?


A FEMA é uma das mais poderosas organizações dos EUA, possui maiores poderes do que o próprio presidente dos EUA. Ela é responsável pelas emergências como grandes cataclismos, guerras nucleares e outros. Seu poder chega aos extremos como: suspender leis, controlar e capturar meios de comunicação, movimentar populações, confiscar propriedades, suspender a Constituição de direitos dos EUA.
O governo dos EUA está se preparando para algum tipo de cataclisma de proporções Bíblicas. A FEMA, preparou um lote de 1.000.000 caixões e os estocou no estado da Georgia, perto de Atlanta. 



 O EUA estão secretamente financiando construções suspeitas de serem potenciais campos de concentração. Varias dessas estruturas enormes lacradas foram acobertadas pelos EUA. São instalações de segurança maxima construídas com verba da FEMA. Quando questionado, o governo se nega a declarar qualquer coisa sobre as estruturas. Curiosamente, essas estruturas são construídas em locais distantes das grandes cidades. Cada um desses “centros” ou “campos de concentração” como foram apelidados, tem espaço para 40 mil pessoas. Para piorar ainda mais, cada um desses “centros” tem um perímetro de segurança em sua volta. Ou seja, as pessoas das localidades só podem observar à distância. É o mesmo projeto em todos os lugares.
Campos de concentração financiados pela FEMA

Visão aérea da armazenagem de uma pequena parte dos caixões
A FEMA (Federal Emergency Management Agency), Agência Federal de Gerenciamento de Emergência do Governo Norte Americano já tem mais de 1.000.000 caixões de defuntos (para milhão de mortos) estocados perto de Atlanta, na Geórgia, estima-se que sua encomenda à empresa POLYGUARD chegue a 25 milhões de caixões.




Os caixões que estão sendo estocados pela FEMA são receptáculos para cadáveres que podem abrigar até quatro corpos humanos e são fabricados pela empresa norte-americana Polyguard. Sua alta tecnologia garante a integridade por 100 anos, é à prova de água, não poroso, altamente hermético, imune a impactos, possui proteção térmica e impede a contaminação do meio-ambiente. Além de não ser biodegradável e resistentes a todos os polímeros químicos.


Segundo o fabricante - a POLYGUARD - o caixão resiste praticamente à TUDO
É uma coisa meio estranha isso, mas ao que parece, o governo dos EUA está se preparando para um cataclismo de alta proporção. Vamos pensar, para que um investimento desse porte para fins preventivos? Não tem lógica!


Que medida preventiva é essa? Porque desse alto investimento?


Façam as contas, só esse lote inicial, pode abrigar 4 milhões de pessoas, considerando que cada cointêiner de plástico hermeticamente fechado pode conter 4 corpos. Que tipo de ataque dizimaria essa população?? Com o total da encomenda (até agora) seriam então 100 milhões de corpos!


É no mínimo intrigante, concordam?


O que está para acontecer que a humanidade não está sabendo?
Muito estranho… 


Preparação para a derradeira noite dos zumbis? Os EUA sabem e estão se preparando para um ataque nuclear? Invasão Extraterrestre??


Mistério…


PS: Acho que é algo relacionado a zumbis sim...os caixoes são hermeticamente fechados, resistem a tudo, durante 100 anos...acho q isso é pra estocar os infectados , enterrados, e quando acharem a cura, desenterrarem e curá-los.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Hangar 18 - A Origem da Área 51



Nos anos 1950, quando os discos voadores começaram a alcançar extrema popularidade nos Estados Unidos, surgiram os primeiros boatos (céticos incuráveis leiam “Iendas”) sobre o Hangar 18. Era um local supersecreto na base Wrighlt-Paterson, da Força Aérea, em Dayton, Ohio. O armazém nefando guardaria os destroços de vários OVNI’s acidentados ou abatidos pelos americanos. A primeira nave extraterrestre a ser levada para lá teria sido a que caíra em ROSWELL, Novo México, em 1947 - um dos casos mais rumorosos da ufologia mundial. No Hangar 18 também estariam os corpos de alienígenas GREYS resgatados dos destroços.
A existência do lugar foi denunciada no livro Behind the Flying Soucers (Henry Holt and Company, 1950), do jornalista Frank SculIy (não é coincidência, leitor atento: a personagem Dana Scully de ARQUIVO X foi batizada em homenagem a ele). Como era de se esperar, a Força Aérea negou a existência dos destroços extraterrestres, bem como do tal Hangar 18.
Na medida em que as investigações ufológicas se expandiram, o Hangar 18 foi aos poucos substituído pela maior e mais complexa ÁREA 51, base subterrânea mantida por humanos e extraterrestres no deserto de Nevada.

Assista esse excelente documentário do
 History Channel - Arquivos Extraterrestres: Hangar 18


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Vaticano e a Morte de Diana



A Inglaterra era um país católico até que Elizabeth I, filha de Henrique VIII e Ana Bolena assumiu o trono em 1558 e adotou o protestantismo como religião oficial, rompendo com o Vaticano. As potências católicas da época, Portugal e Espanha, tentaram derrubar a rainha “usurpadora”, mas acabaram derrotadas. Tudo isso é história antiga, mas não para nós conspiradores! A guerra entre os Windsor e o Vaticano nunca acabou. Eles estão empenhados numa batalha subterrânea pelo controle do mundo.
Do lado dos Windsor estão alinhados o sistema financeiro internacional, a KGB, a Maçonaria, a Illuminati, as seitas da Nova Era, etc. Do lado do Vaticano estão a Máfia, a CIA, os Cavaleiros de Malta, partidos de direita, grupos ocultistas cristãos, etc.
Diana Spencer, uma descendente da casa dos Stuart (os legítimos herdeiros católicos do trono), era uma agente do Vaticano infiltrada entre os Windsor. Quando foi descoberta, o MI-6 a matou.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O que é Déjà Vu? por Ludovino Buback Piveta



Não, não significa que o programa Matrix foi reformulado, como aparece no filme The Matrix.
O termo francês déjà vu significa, "já visto, já visitado ou já vivenciado".
Quem já o teve descreve-o como uma sensação de familiaridade com algo que, aparentemente, está sendo experimentado ou vivenciado pela primeira vez. Por exemplo, você está andando por algum lugar que nunca andou antes e alguns segundos depois você percebe que já esteve ali antes mais não sabe como ou até vendo um programa ao vivo na TV (por que gravado talvez você já pode ter visto caso seja MTV, ahahahah). O fenômeno é bastante complexo e há muitas teorias sobre a razão pela qual isso acontece.

O déjà vu ocorre em indivíduos com ou sem problemas médicos, havendo muitas especulações sobre como e por que esse fenômeno acontece. Vários psicanalistas atribuem o déjà vu à simples fantasia ou realização do desejo, enquanto alguns psiquiatras dizem que é causado por uma combinação errônea no cérebro, fazendo o cérebro confundir o presente com o passado. Muitos parapsicólogos acreditam que ele está relacionado a uma experiência de vida passada.

70% da população mundial diz ter vivenciado alguma forma de déjà vu. Um número maior de incidentes ocorre na faixa etária que fica entre os 15e os 25 anos.

Alguns cientistas afirmam que o  déjà vu está associado à epilepsia do lobo temporal. Aparentemente, ele pode ocorrer antes de um ataque epiléptico. Pessoas que sofrem ataque epiléptico desse tipo podem vivenciar déjà vu durante o ataque propriamente dito ou nos momentos entre as convulsões.

De acordo com a pesquisa da revista científica New Scientist.Acredita-se que reconhecer um objeto ou situação familiar engatilhe dois processos no cérebro. Primeiro, a mente busca em seu arquivo de memória para descobrir se os conteúdos daquela cena já foram vistos antes. Em caso afirmativo, uma parte separada do cérebro identifica a cena ou o objeto como familiares.

Explorando esta teoria de dois passos, uma equipe de cientistas da Universidade de Leeds, no norte da Inglaterra, mostraram a voluntários 24 palavras comuns e em seguida os hipnotizaram. Os cientistas disseram aos 18 voluntários que, quando estivessem diante de uma palavra em uma moldura vermelha, eles sentiriam a palavra como sendo familiar, embora não soubessem quando foi a última vez que a viram. Mas se vissem uma palavra em uma moldura verde, eles pensariam que ela pertencia à lista original de 24.Em seguida, os voluntários foram tirados do estado de hipnose e expostos a uma série de palavras em molduras de cores variadas. Algumas não pertenciam à lista original de 24 ou estavam em molduras verdes ou vermelhas. Dez voluntários disseram ter experimentado uma estranha sensação quando viram novas palavras em vermelho e outros cinco disseram que esta sensação definitivamente se parecia com um déjà vu.


A cientista Akira O´Connor, aluna do doutorado do Grupo de Memória da Universidade disse que as descobertas lançam uma luz intrigante sobre os casos de déjà vu e o modus operandi da memória humana. "Isso nos diz que é possível dissociar de forma experimental estes dois processos, o que é realmente importante para estabelecer que são, de fato, separados", disse O´Connor, segundo o artigo da New Scientist.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Tecnologia: Pirataria Extraterrestre




TEORIA - Os ETs cedem know-how aos EUA


OBJETIVO - Em troca, os alienígenas podem pesquisar em paz os humanos


Está tudo dominado. Diariamente, você é observado e controlado por alienígenas, até mesmo quando liga o barbeador elétrico de manhã, uma das práticas invenções importadas diretamente de outras galáxias. Foram eles, inclusive, que nos cederam não só o aparelho de barbear, mas também todos os avanços tecnológicos que usamos o dia inteiro – desde simples secadores de cabelos até telefones celulares, computadores, aviões supersônicos e armas superpotentes capazes de destruir o planeta inteiro em segundos. É justamente no arsenal bélico que repousa o maior perigo: alguns ufólogos acreditam em acordos sinistros entre raças de aliens malvados e autoridades americanas idem. Os monstrinhos verdes – ou da cor que você quiser – cederiam sua tecnologia militar e, em troca, poderiam realizar pesquisas biológicas com seres humanos livremente, na surdina. Para os conspirólogos, é por isso que o governo americano nega peremptoriamente a existência dos óvnis.


As teorias vão mais longe: há os que acreditam piamente na existência de bases militares subterrâneas nos Estados Unidos, onde cientistas humanos e alienígenas trabalhariam em projetos bem medonhos. Segundo ufólogos, esse plano tem até nome: Majestic 12, ou MJ 12. Ou ainda “Governo Invisível”, para os iniciados no assunto. Tudo teria começado em 1947, após a queda de um disco voador em Roswell, nos Estados Unidos. O caso tornou-se o mais famoso da ufologia mundial, pois dizem que destroços da nave e alienígenas mortos teriam sido encontrados no deserto do estado do Novo México. Para abafar o incidente e não causar pânico na população, o então presidente Harry Truman teria ordenado a criação do tal MJ 12, composto por 12 militares de alta patente de sua inteira confiança. O objetivo desse grupo seria acobertar tudo o que foi encontrado em Roswell, incluindo as criaturas mortas.


Os militares construíram, então, a base secreta Hangar 18, no meio de um quartel da Força Aérea americana, em Dayton, Ohio. É óbvio que as autoridades americanas negam a existência dessa base. Os defensores da teoria, no entanto, estão convencidos de que o local serviu como um grande depósito para guardar todos os pedaços de óvnis abatidos pelos Estados Unidos – sim, eles desconfiam que se derrubam vários por dia –, principalmente os restos de Roswell. Os arapongas do governo Truman fuçaram tanto esse material extraterrestre que, sabe-se lá como, conseguiram fazer contato nos anos 50 com os habitantes de um planeta chamado Zeta-Retículi. Conhecidos como greys, os nossos vizinhos interplanetários seriam os donos da nave e parentes das vítimas que despencaram em Roswell. Dizem que esses aliens são acinzentados, cabeçudos e baixinhos, parecidos com o ET do filme de Steven Spielberg. Só que eles não têm nada de meigos. Os greys logo teriam proposto uma negociata com os militares: forneceriam toda a tecnologia alienígena de armas aos Estados Unidos e, em troca, poderiam trabalhar tranqüilamente em suas pesquisas com humanos.


Os americanos, espertinhos, mais do que depressa toparam o acordo, afirmam os conspirólogos. Segundo o físico Robert Lazar, dessa conspiração nasceu a base subterrânea Área 51, plantada no meio do deserto de Nevada, em um terreno de 12 mil quilômetros quadrados controlado pela Força Aérea dos Estados Unidos. Lá, militares, cientistas e greys trabalhariam juntos. Lazar jura ter sido contratado pelo governo para ir até a área estudar o sistema propulsor dos discos voadores. No livro Dreamland: Viagens no Mundo Secreto de Roswell e Área 51 (Conrad, 2000), o jornalista Phil Patton conta em ritmo de fábula que ali foram construídos e testados aviões-espiões que entraram em ação durante a Guerra Fria, tais como o Aurora e o caça-bombardeio Stealth. Fora as cafeteiras elétricas automáticas, os fornos autolimpantes, os multigrills que eliminam as gorduras, as meias que não desfiam e as facas que não perdem o fio. Tudo tecnologia extraterrestre copiada por humanos, garantem os conspirólogos.


O QUE ELES QUEREM
Enquanto os militares aprendem a copiar a tecnologia alienígena, os ETs se dedicam a experiências mais tenebrosas com terráqueos. Os homenzinhos verdes – ou cinzas – seriam responsáveis por mutilar animais para estudos e por abduzir seres humanos para reprodução. Sim, esses danadinhos seqüestram pessoas, levam para a Área 51 e transam com elas. Para não levantar acusações de abuso sexual, é bom lembrar que muitas vezes eles recorrem a inseminações artificiais. Mas não importa o método. O que interessa é a idéia deles de povoar a Terra com seres híbridos, meio humanos, meio extraterrestres – e parece que já estão conseguindo. Dizem, inclusive, que os portadores de sangue tipo O negativo provavelmente têm material genético alienígena no corpo. Segundo David M. Jacobs, professor de História na Filadélfia e autor do livro A Ameaça – Relatório Secreto: Objetivos e Planos dos Alienígenas (Rosa dos Tempos, 2002), os seres híbridos estão por toda a parte, a começar pelo comando das principais empresas de comunicação e tecnologia. Isso mesmo, você matou a charada: Bill Gates é um forte suspeito. Na turma do dia-a-dia, escreve Jacobs, desconfie dos técnicos eficientes e prestativos que consertam computadores, um disfarce corriqueiro usado pelos seres híbridos.


Você deve achar uma maravilha não precisar riscar um fósforo para acender o fogão. Para Robert Lazar, entretanto, estamos correndo sérios riscos. O pacto feito entre o governo dos Estados Unidos e os greys teria sido quebrado há alguns anos. Desde a década de 60, os aliens teriam resolvido agir por conta própria, muitas vezes contra os interesses do Tio Sam. Por que as autoridades americanas não denunciam os greys? Partidários da teoria afirmam que o presidente John Kennedy bem que tentou. Mas ele foi assassinado por ter descoberto e não concordado com o pacto do MJ 12. Conforme Lazar, a sociedade acabou por causa de desentendimentos entre os ETs e os seguranças da Área 51. Se o acordo foi mesmo rompido, os greys vêm agindo sem nenhum controle.


Outras teorias conspiratórias afirmam que os almoços de negócios entre autoridades e extraterrestres acontecem a todo vapor – e os Estados Unidos não seriam os únicos envolvidos. “Um dos primeiros acordos que governantes terrestres fizeram com ETs foi a trajetória que levou Adolf Hitler ao poder”, escreve o ufólogo Ernesto Bono, em um artigo publicado no site Ufogenesis. Segundo Bono, já nos anos 30, Hitler teria feito o mesmo acordo com os aliens, que cederam a tecnologia para os alemães construírem seus próprios discos voadores. “Com o fim da guerra, os discos teriam sido transportados desmontados em centenas de submarinos alemães, que também sumiram sem deixar vestígio. Estariam até hoje escondidos em instalações secretas no Pólo Norte. Os alemães foram derrotados em seu território, mas continuaram lutando de um modo completamente diferente nos céus da Terra, em discos voadores”, afirma o ufólogo. Tom Cruise que se prepare. Vem aí a verdadeira Guerra dos Mundos.

No ar, a tecnologia emprestada. Três exemplos de aeronaves que só mesmo os extraterrestrespoderiam inventar:


Apollo 11
A nave que chegou à Lua não é humana, e sim um disco voador adaptado. Quem defende a tese é o escritor e engenheiro nuclear americano William Brian. Ele diz que um foguete como a Apollo 11 teria sido esmagado pela gravidade lunar. Portanto, só seria possível viajar para o nosso satélite natural em uma nave antigravidade copiada de um óvni. Ou então em um óvni propriamente dito.


Bombardeiros B-2
Conhecido como avião “invisível”, o B-2 é o equipamento militar mais caro do mundo. Seu objetivo é penetrar em território inimigo e vencer a guerra na primeira noite de um conflito. O design e pintura são especiais, pois absorvem as ondas de radar e o tornam quase impossível de ser detectado. Os mais atentos já perceberam: a semelhança com discos voadores é incrível.


Caça F-117
O avião F-117 Nighthawk (Falcão Noturno, em português) é capaz de escapar da detecção dos radares. Ele entrou em atividade em 1982 e foi utilizado com sucesso pelos americanos para bombardear Bagdá em 1991, na Guerra do Golfo. Muitos detalhes sobre suas características, como o material utilizado em sua superfície, são segredo militar. Coisa que só mesmo os ETs saberiam explicar.
 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Série Viajantes do Tempo: Mulher ao celular em filme de Chaplin


Em 1928 Charles Chaplin produziu a comédia muda “The Circus” (O Circo). Este filme, várias décadas depois de estrear viria a ganhar novamente a atenção do público…


Desta vez, não pela genialidade indiscutível de seu produtor… Mas sim por alguns intrigantes segundos aonde,  é possível ver uma senhora, segundo alguns, fazendo uso doque seria um… Telefone celular (!)


Isso mesmo, um telefone celular, á mais de 80 anos atrás. Veja um instantâneo da cena abaixo…



E abaixo, assista o trecho do filme, frisado várias vezes no inusitado personagem. PS – Notem que no final parece que é possível vê-la (o ?) falando… Ou pelo menos mexendo a boca, sei lá…
No vídeo postado no YouTube em que fala sobre seu achado (e que já foi visto mais de 900 mil vezes) Clarke comenta que “a úncia conclusão” que ele conseguiu pensar foi que a mulher é uma viajante do tempo.


Céticos afirmam que alguém do futuro (pelo menos alguém da nossa época), mesmo com um iPhone!, teria problemas porque ainda não existiam as redes de telefonia móvel, porém continua sendo uma incógnita.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Famílias gaúchas na fila para receberem implante de chip




Só faltava essa, Arquivo X na terra do chimarrão...


O medo da violência colocou 22 famílias gaúchas na fila para adquirir uma tecnologia de segurança ainda incomum no Brasil: o microchip cutâneo. Atualmente, 42 famílias brasileiras – cerca de 200 pessoas – usam o equipamento no corpo, sob a pele. A base de monitoramento está situada em Miami (EUA). O serviço garante o rastreamento da localização do usuário por meio de satélite
Os principais clientes são executivos, empresários e suas famílias, aterrorizados com a ameaça dos seqüestros. O serviço está disponível no Brasil há um ano, mas para adquiri-lo os gaúchos aguardam que uma base de monitoramento seja instalada no país, o que deve baratear o serviço. Outras 2 mil famílias estão pré-cadastradas esperando na fila. Para comprar o chip, o usuário desembolsa US$ 10 mil (R$ 27,3 mil). A manutenção mensal por pessoa varia de US$ 200 (R$ 550) a US$ 1 mil (R$2,7 mil).
O chip tem o tamanho de um grão de arroz e é introduzido no corpo por uma injeção ou pistolas semelhantes às usadas para vacinação. Os clientes têm adquirido o equipamento para todos membros da família devido à mudança no foco dos seqüestros.
Conforme o engenheiro aeronáutico Ricardo Chilelli, da RCI First Security, que importa o chip, o executivo – dono da empresa e que lida com o dinheiro – não tem sido mais o foco dos ataques.
- O criminoso escolhe os filhos, pois mexe com o lado psicológico, tornando a negociação rápida e os valores mais altos – explica Chilelli, ex-oficial do serviço de inteligência das Forças Armadas do Brasil, com treinamento nos Estados Unidos
Rotina controlada por satélite
O engenheiro ressalta que o chip é apenas um elemento dentro de um pacote de segurança e de cuidados que as pessoas devem adotar:
- Há uma neurose, um exagero. Nem 10% das pessoas que estão na fila têm perfil para usar uma tecnologia dessas. Cerca de 85% de criminalidade e violência podem ser evitados por puro comportamento. Os conselhos são três: não se deixe avaliar, sonegue informações e dificulte a ação de outras pessoas.


O não se deixar avaliar envolve questões de exposição demasiada do poder aquisitivo. O engenheiro cita um exemplo: a pessoa, além de usar uma caminhonete importada, coloca no vidro um adesivo da escola dos filhos – tradicional e cara – e adesivo de que é criador de uma determinada raça de cavalos ou gado. Isso atrai a atenção do criminoso.
A análise sobre a necessidade do uso de uma tecnologia como o microchip cutâneo é feita a partir do estudo do perfil da família: poder aquisitivo, quem são, quanto ganham, quem são os amigos, inimigos, o quanto estão expostos na mídia, onde é a casa, as residências de litoral e campo, os escritórios, enfim, toda a rotina é arquivada sob números e códigos identificadores.
Se uma das pessoas monitoradas fugir à rotina sem avisar, um alerta é dado e a busca é iniciada. O alerta pode ser feito por familiares.
Chilelli observa que para usar o chip a pessoa tem de estar consciente, não pode ser obrigada, como às vezes ocorre com adolescentes.

"Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos tivessem um sinal na mão direita e na fronte , e que ninguém pudesse comprar ou vender se não fosse marcado com o nome da fera ou com o numero do seu nome ? (Apocalipse 13,16 e 17)"

Objeto metálico cai em Montividiu




Um objeto metálico não identificado foi encontrado ontem à tarde em uma fazenda na cidade de Montividiu, no Estado de Goiás. Técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnem) retiraram o objeto de um metro de diâmetro do local. Instituições de Goiás podem ajudar a desvendar o objeto.


A Secretaria de Saúde de Goiás entrou em contato com o Cnem ontem à tarde. À noite, dois técnicos chegaram ao local e realizaram um teste radiométrico, para descobrir se o objeto emitia radiação. Como não havia indícios de radiotividade, o material foi levado à sede local do Cnem, na cidade goiana de Abadia.


Segundo o Centro, a Universidade Federal de Goiás e a Brigada de Materiais Perigosos do Exército em Goiás foram contatadas para contribuir na definição da origem e finalidade do objeto.


De acordo com Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe),  o objeto é um tanque de nitrogênio de alta pressão usado pela Nasa em sistemas de propulsão líquida, comum em satélites e foguetes .


A Agência Fapesp informa que, de acordo com o pesquisador responsável pelas análises no Inpe, Marco Antônio Chamon, é muito provável que seja um tanque de propulsão utilizado pela Nasa. O engenheiro disse que a informação ainda não é oficial, mas chegou-se à essa conclusão preliminar porque os Estados Unidos já pediram a posse do tanque. Segundo Chamon, o objeto poderia pertencer ao foguete Atlas 5.


De acordo com o Inpe, o objeto em formato esférico e envolto em fibras de carbono tem cerca de 60 cm de diâmetro e pesa 18 kg. É um material reentrado, ou seja, uma peça que estava no espaço e reentrou na atmosfera. Existem cerca de 10 mil objetos como esse circulando ao redor da Terra, o chamado "lixo espacial".


O objeto, que está no Laboratório Associado de Combustão e Propulsão do Inpe, localizado em Cachoeira Paulista, interior de São Paulo, foi sumetido a vários testes, comprovando inclusive a inexistência de qualquer tipo de radiação.


Segundo informou Chamon à Agência Fapesp, o Brasil assinou convenções internacionais sobre devolução de objetos espaciais a outros países. Assim, tão logo a Nasa prove que o objeto é propriedade dos Estados Unidos, ele será devolvido. Enquanto isso, nenhum teste destrutivo pode ser efetuado, já que a peça deverá ser devolvida tal como foi encontrada. As negociações serão feitas por meio do Ministério das Relações Exteriores.



domingo, 19 de fevereiro de 2012

Barulhos estranhos no céu assustam pessoas de todo o mundo


Sons muito peculiares e de procedência desconhecida estão sendo ouvidos em várias partes do mundo nos últimos dias. Vídeos hospedados no YouTube mostram diversas versões desse som (inclusive aqui no Brasil) e que, se forem reais, são mesmo assustadores.

Uma das primeiras ocorrência desses sons ocorreu na Ucrânia, em meados de 2011. Durante a tarde, um barulho muito estranho poderia ser ouvido de diversos pontos de Kiev, sem ninguém saber confirmar qual a procedência. Outras demonstrações do fenômeno podem ser ouvidas em vídeos gravados na Bielorrússia, nos Estados Unidos, na Malásia, Dinamarca, entre outros.

Os sons normalmente são metálicos e trazem a sensação de serem provenientes de alguma grande máquina. Testemunhas afirmam que o som é tão alto que inclusive as janelas passam a vibrar com a frequência das ondas sonoras.

Grandes indústrias e trânsito? Experimentos militares como o famoso HAARP? Prenúncios de 2012 ou de uma grande invasão alienígena? Um viral para o filme “Cloverfield 2” ou simplesmente uma grande farsa? Muito está sendo discutido a respeito, mas ninguém chegou a uma conclusão definitiva ainda.

Fóruns da internet dedicados a discutir temas sobrenaturais tem sido inundados de teorias.  As mais populares até o momento é que: 1) são naves espaciais que se aproximam da Terra, mas são invisíveis aos olhos humanos e  2) o prenúncio do Apocalipse, seriam os sons da criação gemendo, mencionados em Romanos 8:22 .

Considerando todo o alarde que tem sido feito sobre o final dos tempos ainda este ano e outros fenômenos inexplicáveis como a morte de centenas de pássaros, não é difícil imaginar que muitos cristãos já apresentaram versículos e textos bíblicos que poderiam servir de alerta para o mundo.  Especialmente porque há registros que na Costa Rica, os sons que foram lembravam um vulcão querendo entrar em erupção.

Logo, a conexão com a primeira das sete trombetas mencionadas em Apocalipse 8 foi feita. Nas redes sociais há diferentes tipos de discussões, desde o sarcasmo até tentativas de alguns cristãos tentarem “provar” que se trata de algo que a Bíblia previu. Até o momento, nenhum renomado especialista em escatologia se manifestou sobre a questão e o mistério permanece.

Caso queira saber mais, a página StrangeSoundinTheSky.com traz uma grande coletânea de tudo o que já foi encontrado a respeito do estranho fenômeno.